sexta-feira, 21 de maio de 2010





someday there'll be a cure for pain
that's the day i throw my drugs away
when they find a cure for pain



(morphine - cure for pain, 1993)

6 comentários:

m.a. disse...

"cure for pain"?...!

Caçador disse...

O embaraço da escolha: extra gold ou abóbora?

(bem metido essa dos Morphine, dava um belo clik)

bêjos

menina de porcelana disse...

realmente. não estou a perceber: mas a abóbora é a solução?!

(basta juntarem as retrinhas S E X numa ordem específica e se for para comer casca de banana o pessoal engole. enfim. :S )

(o que estará escrito atrás do cartaz Revolução Sexual? viste? :) )

menina de porcelana disse...

* retrinhas, leia-se letrinhas (óbvio, mas convêm assegurar.)

José Luís Espada Feio disse...

«não se revoltarão enquanto não se tornarem conscientes, e não se tornarão conscientes enquanto não se rebelarem» - revelou Winston Smith, o personagem maior do mítico «1984», que, se calhar, queria referir-se aos seus males da "prosta" e não tanto à opressão do Grande Irmão...

Anónimo disse...

esta montra é de uma loja portuguesíssima chamada "casa chinesa", na invicta.
os portugueses são uns crentes em relação a mezinhas, chás, abóbora e quejandos : )

(filipa)