quinta-feira, 17 de março de 2011






é que você é tão azul
que eu nunca sei eu nunca sei
é que você é tão lunar
que eu nunca sei eu nunca sei
eu gosto de você ai ai
eu gosto de você
meu mar
meu mar
meu mar
meu mar
meu mar
meu mar


(danae - meu mar, 2005)

3 comentários:

José Luís Espada Feio disse...

parece que andamos com temáticas semelhantes nas publicações :)
afinal, e desmentindo a outra que pensa que escreve, há coincidências!

Anónimo disse...

é a alma lusitana da fauna do jardim à beira-... plantado!
: )
(filipa)

ana barata disse...

Sente-se o cheiro a mar e a terra fresca! :)