segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011




(...), e desfiava a trama dos acontecimentos dos meses anteriores. como se escrevesse.


para o tio luís, cravos vermelhos.


(luís ramos - os meses anteriores, 2010)

4 comentários:

José Luís Espada Feio disse...

precisam-se deles, prementes, aos molhos, todos os dias.

inês a. disse...

:*
(os meses anteriores é o desfiar de muita coisa... de uma história que dói a quem ama, que dói a quem vive. e que dói a quem fica.
um beijo, grande, nessa bochechinha. para algum consolo, se para isso servir...)

the dear Zé disse...

isso dos cravos é assim como uma espécie de arqueologia ou então foram todos para os países árabes. oxalá que...

henedina disse...

"...desfiava a trama dos acontecimentos dos meses anteriores, como se escrevesse."
Escrever pode ser terapêutico.
Escrever na internet pode ser terapêutico e perigoso.
Mas a vida deve ser vivida como entendermos, e o perigo tb faz parte da vida. Eu sou perfeita nas acções e completamente imperfeita no que escrevo. Já me arranjou chatices mas quem me dá chatices pelo que eu escrevo não merece que eu ...desfie "a trama dos acontecimentos dos meses anteriores, como se escrevesse".
Quem provoca em alguém o desfiar teve impacto mas teve, não têm necessariamente. O mundo tem sol, lua, cravos, amigos, entendidos e sub-entendidos, novos amigos, novos interesses e vale a pena. Boas fotos. Bons post. Boa vida. Não desfies nada a não ser quem te controla ao ponto de te fazer perder tempo na vida a pensares na trama dos acontecimentos só se tiveres a falar dum triller ;) é que vale a pena ..."desfiava a trama dos acontecimentos dos meses anteriores, como se escrevesse."

.