quarta-feira, 6 de março de 2013




viver sempre também cansa!
o sol é sempre o mesmo e o céu azul
ora é azul, nitidamente azul,
ora é cinza, negro, quase verde...
mas nunca tem a cor inesperada.



(josé gomes ferreira - viver sempre também cansa, 1931)

6 comentários:

José Luís Espada Feio disse...

que magnífica foto, Filipa!
onde é?
algures no Mediterrâneo?

Filipa Júlio disse...

: )
atlântico galego

menina de porcelana disse...

"viver sempre também cansa!" - que grande apontamento.

tudo.





henedina disse...

Não concordo com gomes ferreira o céu tem cor inesperada. Ainda hoje olhei para o céu com nuvens a começar a notarem-se as estrelas e pensei que a natureza...não cansa.

menina de porcelana disse...

mas tenho que concordar o comentário acima e acrescentar de minha parte que também a cor "is in the eye of the beholder". ;)

Anónimo disse...

e eis que, ao sétimo mês + alguns perlimpimpins, a menina quer, o Homem sonha e a obra nasce.
versão abreviada: hip hip hurra ao reboot!

: )))))
(filipa)