quarta-feira, 4 de maio de 2011






- never trust a sailor on dry land.




(atonement - joe wright, 2007)

5 comentários:

m.a. disse...

Mesmo os irlandeses que navegam no nosso barco?... :(

José Luís Espada Feio disse...

e os piores são os de água doce...

menina de porcelana disse...

never trust a thing out of its context.

henedina disse...

never trust a sailor on dry...
never trust a sailor on...
never trust a sailor...
never trust...
never...

Anónimo disse...

nunca confies em homens que têm pompons azuis no chapéu e armas na mão.
seja qual for a sua nacionalidade.
(filipa)