sexta-feira, 24 de setembro de 2010




- très bien, ne vous inquiétez pas. c'est un processus très lent mais vous retrouverez la parole




(le scaphandre et le papillon - julian schnabel, 2007)

7 comentários:

José Luís Espada Feio disse...

tsssssss, mais um retrato lynchiano...

Jamil S.P. disse...

gostei bastante desse filme!
aqui aconteceu uma história semelhante, bem bonita e edificante http://www.folha.com.br/eq742944

henedina disse...

Foto psicanalise?
Então vai pagar caro não se inquietar.

Anónimo disse...

ando com a vida um bocadinho lynchada, José Luís; e as fotografias, já p'ra não falar do corpo, é que pagam... : )

não conhecia, Jamil

henedina, : ))))
(mas o prof. bambo seria sempre mais caro : ) )

(filipa)

Zé o Caçador disse...

ganda foto e isso

menina de porcelana disse...

belíssimo filme, o qual te agradeço o empréstimo. (lamento é dizer-te que quando te o devolvi, não devolvi tudo... ficaram imagens cá dentro, sensações e memórias que guardarei comigo. ...)

faz-me lembrar a poltrona do Freud que nunca vi e apenas imagino. tal como apenas posso imaginar o que é ficar preso dentro de si mesmo...
é um processo lento, o da recuperação, e não tem que terminar perfeito. pode terminar abrupto. incompleto. para sempre por completar.

(se eu escutar o teu silêncio, posso dizer que te oiço a falar?)

Anónimo disse...

Zé-de-cognome-o-caçador, um gandessísimo bem-haja : )

nina de argila, o meu silêncio não tem som

(filipa)