sexta-feira, 21 de outubro de 2011





naquele verão arrendámos um apartamento na praia. não era nenhuma das praias onde tínhamos vivido durante o inverno, mas para mim, já vo-lo disse algumas vezes, todas as praias são sempre a mesma praia, a minha praia.




(ignacio martínez de píson - estradas secundárias, 1996)

5 comentários:

José Luís Espada Feio disse...

Amor e uma (mísera)cabana. Sonhos que a austeridade não consegue destruir :D

the dear Zé disse...

lembrar José Cid eh eh eh

http://www.youtube.com/watch?v=QCWHR-Q8mxE

Filipa Júlio disse...

: )))
(com bandeira preta hasteada ao fundo)

ana barata disse...

pois é, a cabana do cid veio logo à lembrança :). recordações de verão agora que anunciam que ele vai partir até para o ano.

mfc disse...

A liberdade de estar na praia...