quarta-feira, 9 de dezembro de 2009




- change moves in spirals, not circles. for example, the sun goes up and then it goes down. but everytime that happens, what do you get? you get a new day. you get a new one. when you breathe, you inhale and you exhale, but every single time that you do that you're a little bit different than the one before. we're always changing.



(half nelson - ryan fleck, 2006)

8 comentários:

menina de porcelana disse...

uma maria-café... :) tenho imensas lá em casa a treparem-me as paredes. espero que isso seja um sinal de (boas) mudanças...

m.a. disse...

Até a casa do caracol é em espiral...

blue disse...

bichos-de-conta...

Ra disse...

¿Espiral médula? ;)

c disse...

sempre o
retorno

Anónimo disse...

ou de como um bicharoco de dimensão reduzida pode ter nomes completamente estranhos...
uma pescadinha invertebrada quase de rabo na boca, é o meu palpite :)

(filipa)

m.a. disse...

Long life à ESPIRAL...!

Anónimo disse...

m.a., hip hip hurra :)

(filipa)