quinta-feira, 12 de março de 2009








- ordinary life is pretty complex stuff.








(american splendor - shari springer berman and robert pulcini, 2003)


6 comentários:

hb disse...

Praia de Mira Praia de Mira :D

Anónimo disse...

não é nada não é nada!
é uma praia em benidorm, onde tenho um apartamento em sistema de time-sharing (que estou a pagar em suaves prestações mensais de 439,99euros, até 2082).



(pronto, é a praia de mira. que chatinho, tu!)

(filipa)

ivan disse...

eu devo estar aí no meio da rede, bem emaranhado..

Anónimo disse...

mas há uma bóia, ivan! não sei qual a capacidade de flutuação, mas existe!

(filipa)

menina de porcelana disse...

não consigo deixar de pensar que esta confusão já foi em tempos uma coisinha mais bonita, simples e direitinha.

(esta imagem já me fez pensar na vida. que começamos meninos, simples e concretos, sem grandes emaranhados. e que depois, a partir de uma certa idade, no meio da turbulência das ondas e das marés, acabamos por complicar tudo.)

(acredito que daqui uns aninhos, se voltasses a fotografar 'isto', já só encontravas um pózinho em comunhão com o contexto. por isso, é esperar que a maturidade também nos atinja. pode ser que a confusão existencial se atenue.)

Anónimo disse...

existência=confusão. a rede vai ser sempre emaranhada. haja bóias e haja quem nos ajude a encontrá-las. (filipa)